Revista Brotéria

  

Abril de 2011 Volume 172

 Descarregar PDF Voltar


313  EDITORIAL - Encruzilhadas
António Vaz PINTO SJ
317  O Padre António Vieira nos Açores - I. Os desígnios da Providência
Maria Céu FRAGA
329  Noviciado da Cotovia (1619-1759) e o seu fundador Fernão Teles de Meneses
Francisca Branco VEIGA
343  A educação cívica em Aristóteles
Paula CARREIRA
355  A Igreja hoje - I. Identidade, seguimento e missão
António Vaz PINTO SJ
367  NOTAS BREVES - Assembleia Geral da Pontifícia Academia para a Vida
Daniel SERRÃO
375  NOTAS BREVES - O grande silêncio, no País de Gales
João van ZELLER
381  NOTAS BREVES - A expiação de Cristo na cruz
Francisco Sarsfield CABRAL
387  REVISITANDO A BROTÉRIA - Maria no Concílio Vaticano II
Roque CABRAL SJ

Revista Brotéria

Revista Brotéria

Contacto António Júlio Trigueiros, SJ
Director
Contacto
Contacto António Vaz Pinto, SJ
Conselho de Direcção
Contacto
Contacto Francisco Correia, SJ
Conselho de Direcção e Redacção
Contacto
Contacto Vasco Pinto de Magalhães, SJ
Conselho de Direcção e Redacção
Contacto
Contacto António Vasconcelos de Saldanha
Conselho de Redacção
Contacto
Contacto Carlos Capucho
Conselho de Redacção
Contacto
Contacto Francisco Malta Romeiras
Conselho de Redacção
Contacto
Contacto Francisco Sarsfield Cabral
Conselho de Redacção
Contacto
Contacto Guilherme d'Oliveira Martins
Conselho de Redacção
Contacto
Contacto Henrique Leitão
Conselho de Redacção
Contacto
Contacto Joaquim Sapinho
Conselho de Redacção
Contacto
Contacto José Carlos Seabra Pereira
Conselho de Redacção
Contacto
Contacto Manuel Braga da Cruz
Conselho de Redacção
Contacto
Contacto Miguel Corrêa Monteiro
Conselho de Redacção
Contacto

Índice Agosto/Setembro 2017

 Descarregar PDF

JULHO 2017 - "A Reforma Litúrgica 50 anos depois do Vaticano II"

Cinquenta anos após a conclusão do Concílio Vaticano II, encontramos católicos, de diferentes idades, origem social e estatuto eclesial, que não escondem a sua perplexidade diante da reforma litúrgica.

Ler artigo

MAIO/JUNHO 2017 - "Estado, Igreja e Fátima"

O anticatolicismo português, manifestando-se geralmente como anticlericalismo e anticurialismo, tem raízes profundas. Nos Estados católicos do sul da Europa – Nápoles, França, Espanha, Portugal –, remonta à segunda metade do século XVIII e ao absolutismo iluminista dos ministros Tanucci, Choiseul, Aranda e Pombal.

Ler artigo

ABRIL 2017 - “Meu Deus, Porque Me Abandonaste?”

Num encontro com o Papa Francisco, uma vítima de abuso disse com profunda tristeza e desespero: “Jesus tinha consigo a sua mãe quando viveu a sua Paixão e Morte. A minha mãe, a Igreja, abandonou-me na minha dor e na minha solidão”. 

Ler artigo

You are here: Página Inicial