Revista Brotéria

  

Janeiro de 2015 Volume 180

 Descarregar PDF Voltar


5  Editorial - Os massacres de Paris e o outro lado
António Vaz PINTO SJ
7  A Batalha de Castelo Rodrigo na guerra da Restauração
Manuel Braga da CRUZ
31  A I Guerra Mundial na imprensa portuguesa
Nuno Sotto Mayor FERRÃO
45  Adoção e solidariedade. Uma aproximação histórica
José Eduardo e Joana Balsa de Pinho FRANCO
61  In Memoriam - Augusto da Silva, SJ (1929-2014)
Rosalina Pisco COSTA
71  Notas Breves - Édito de Milão: história ou lenda?
Roque CABRAL SJ
75  Notas Breves - As alterações climáticas. A Conferência de Lima (2014) e o caminho para Paris
Carlos BORREGO
83  Revisitando a Brotéria - A religião dos jovens
Augusto da SILVA SJ

Revista Brotéria

Conselho de Direcção e de Redacção

Contacto António Júlio Trigueiros, SJ
Director
Contacto
Contacto António Vaz Pinto, SJ

Contacto
Contacto Vasco Pinto de Magalhães, SJ

Contacto
Contacto Francisco Sassetti Mota, SJ

Contacto

Conselho de Redacção

Contacto Carlos Capucho

Contacto
Contacto Carlos Maria Bobone

Contacto
Contacto Francisco Malta Romeiras

Contacto
Contacto Francisco Sarsfield Cabral

Contacto
Contacto Guilherme d'Oliveira Martins

Contacto
Contacto Henrique Leitão

Contacto
Contacto Joaquim Sapinho

Contacto
Contacto Manuel Braga da Cruz

Contacto
Contacto Margarida Neto

Contacto
Contacto Miguel Corrêa Monteiro

Contacto

Índice Janeiro 2019

 Descarregar PDF

FEVEREIRO 2019 - Deus é salaam - e os passos para lá chegar – Sobre a Declaração A Fraternidade Humana em prol da paz humana e da convivência comum

No dia 4 de fevereiro, o papa Francisco e o grande imã de Al-Azhar, Ahmed al-Tayeb, assinaram uma declaração conjunta em favor da paz e da convivência entre povos e religiões, em Abu Dhabi, numa ocasião histórica: pela primeira vez, um papa foi recebido no golfo árabe, nos Emirados Árabes Unidos, oito séculos depois do célebre encontro entre Francisco de Assis e o sultão al-Malik al-Kamil, em Damietta (Egipto).

Ler artigo

JANEIRO 2019 - A integração europeia em perigo

A União Europeia (UE) chegou a 2019 imersa em graves problemas. Vive-se a maior crise da integração europeia, desde que esta se iniciou há quase 70 anos. E a presente desaceleração do crescimento económico europeu não ajuda.
É certo que a integração europeia atravessou e ultrapassou sérias crises ao longo da sua história. Por exemplo, depois de criada a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço, integrando França, Alemanha, Itália, Holanda, Bélgica e Luxemburgo, em 1952 foi assinado por esses seis países um tratado que deveria dar origem à Comunidade Europeia de Defesa, primeira iniciativa integradora na área militar. Mas o projeto abortou, pois foi rejeitado na Assembleia Nacional francesa em 1954, por votos de comunistas e gaullistas.

Ler artigo

You are here: Página Inicial